domingo, 17 de junho de 2012

A tribulação de Asafe - Parte II Salmo 77


Definitivamente Asafe era um adorador inconformado ao extremo com as injustiças e cheio de questionamentos. Toda a sua queixa, todas as suas questões, suas frustrações em ver os que agiam impiamente prosperar, enquanto servos fiéis, como ele, sofriam tantas aflições, lhe traziam um incômodo tão grande que o impedia até de ser consolado: (77:2 parte b).
Ele pensava em Deus, nos seus padrões divinos de santidade e, em paralelo, observando as circunstâncias, ficava perplexo, confuso, nem conseguia falar. Sabe quando os problemas tomam uma proporção tão grande que nós nem conseguimos mais falar sobre eles, desabafar e colocá-los pra fora do peito? Era assim que Asafe se encontrava: (77: 3 e 4).
Ele pensava em situações outrora vividas; ele tentava entender as coisas através das suas cogitações  e buscava explicações para suas perguntas, que dizia: "Será que Deus deixou de amar seu povo? Será que Deus nunca mais vai ficar contente com seus filhos? Será que Deus se esqueceu da sua bondade?" Ao mesmo tempo, ele entrava em contradição e dizia: "Isto deve ser uma doença minha, o problema deve estar comigo": (77:5-10).
Toda essa contradição e questionamentos, que impediam o seu coração de ser consolado, permeavam sua mente. Até que ele, já estando no santuário (como vimos anteriormente no Salmos 73:17), na presença de Deus, começou a se lembrar das coisas que Deus havia feito no passado. Ele se comprometeu, diante de Deus, de meditar em todos os seus grandes feitos, em trazer para a sua mente as obras de Deus e, como ministro do Senhor, se comprometeu a continuar falando e cantando das maravilhas que Deus já operou em favor dos Seus: (77:12).
Asafe finalmente entendeu que os caminhos de Deus para o seu problema o levavam ao Santuário. É neste santo lugar que Deus mostrou a ele saídas, escapes para toda a sua angústia, questionamentos e frustrações.
É neste santuário que entendemos que a grandeza e a Soberania de Deus estão acima, muito acima de todo mal que podemos observar à nossa volta. 
Asafe entendeu o que Davi descreveu no Salmo 103:19: "O Senhor estabeleceu o seu trono nos céus e o seu reino domina sobre tudo".
Mesmo quando sofremos injustiças, ou passamos por aflições, Deus é Rei e domina sobre tudo, Ele tem o controle de todas as coisas, até mesmo das nossas tribulações. Nenhuma tribulação dura para sempre; há um limite para todas as coisas e, no final, Deus as usa em nosso próprio benefício.

Asafe descobriu e entendeu muitas coisas; e nós, o que precisamos entender com a experiência deste adorador?

  • A aflição e os questionamentos nos impedem de receber o consolo que precisamos da parte de Deus. É preciso lançar toda nossa ansiedade e inquietação no altar de Deus. Só Deus pode nos livrar disso! 1Pe 5.7 diz: "lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós"Fp 4.6 diz: "Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças".
  • O caminho de Deus para nós também é o Santuário, que pode ser a Casa de Deus aqui na Terra ou também aquele cantinho da sua casa onde você fecha a porta, atrai a presença de Deus e fica a sós com Ele. Em suma, é na presença de Deus que obtemos a solução para todos os nossos problemas! 2Cr 6.18 diz: "Mas, na verdade, habitará Deus com os homens na terra? Eis que o céu e o céu dos céus não te podem conter; quanto menos esta casa que tenho edificado! Contudo, atende à oração e à súplica do teu servo, ó Senhor meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que o teu servo faz diante de ti; que dia e noite estejam os teus olhos abertos para esta casa, sim, para o lugar de que disseste que ali porias o teu nome; para ouvires a oração que o teu servo fizer neste lugar". Deus nos ouve quando o buscamos em Seu santuário!
  • Um dos caminhos de Deus para a solução na vida de Asafe era fazê-lo lembrar das obras de Deus, de Seus feitos grandiosos. Este é um caminho que também se abre para nós. Quando nos lembramos de coisas que Deus fez por nós no passado, em como nos livrou e nos deu vitórias em outras situações, as aflições e os questionamentos dão lugar a um coração mais confiante, cheio da paz que excede a todo entendimento e cheio da certeza de que Deus continuará agindo em nosso favor. Quando nos recordamos, voltamos a ter esperança. Lamentações 3:21 diz: "Quero trazer à memória o que me pode dar esperança".

Entre no santuário e comece a se lembrar de tudo que Deus já fez por você. Saiba que por maior que seja a tua aflição hoje, o poder de Deus para te livrar e te salvar nunca terá limites! Ele fará coisas maiores na sua vida. Apenas creia!
Que esta palavra fortaleça seu coração como fortaleceu o meu!

Graça e paz ao seu coração!

3 comentários:

  1. Amem, palavra abençoada .. muito edificou minha vida. Tava precisando ler isso

    ResponderExcluir
  2. hoje o pastor falou sobre esta palavra Deus falou muito comigo na igreja,cheguei em casa vim buscar mais e Deus falou de novo amem palavra que edifica a nossa vida so tenho que agradecer a Deus amem

    ResponderExcluir
  3. Palavra maravilhosa, Deus é mais que uma existência, Ele é grande e maravilhoso.
    Deus abençoe, grandemente.
    Valter!Teresina-Pi.


    ResponderExcluir

O que você achou desta postagem? Comente e compartilhe com seus amigos!
Deus abençoe!