terça-feira, 5 de julho de 2011

Teu amor me refaz...


Há alguns dias atrás acordei com um desejo imenso de restaurar uma antiga (muito antiga mesmo!) penteadeira que tenho. Ganhei de presente de aniversário da minha mãe quando fiz 18 anos. Durante toda a minha adolescência eu tinha o sonho de ter um quarto de princesa mas, como as condições eram precárias na época, isso não foi possível, até que fiz 18 anos. Minha mãe teve o cuidado de ir a um antiquário e escolher a mais bonita e mais antiga peça. Como ela já tinha quase cem anos, foi preciso restaurá-la e dar uma nova pintura. Ficou linda, toda branquinha, com um espelho de cristal maravilhoso, tive mesmo um quarto de princesa! Com o passar dos anos e, devido a quantidade de vezes que me mudei, ela foi perdendo sua beleza, como era branca, foi ficando suja, encardida, até que, com muita tristeza, deixei de usá-la. Ela ficou jogada num canto...eu queria arrumá-la, mas não sabia como fazer, não tinha também motivação pra fazer. Ela passou um bom tempo no terraço da minha casa, ao relento até que, preocupada, coloquei-a dentro de casa mas, como eu mesma por causa da obra de Deus, não estava morando nesta casa, não tinha como cuidar da ventilação no ambiente e, por isso, ela começou a mofar. Um dia, visitando esta minha casa praticamente vazia, notei isso e, mais uma vez, coloquei ela para fora pra que ela pudesse tomar um ar. E assim ficou por mais dois ou três anos. Por muitas coisas eu passei neste período, muitas mudanças, muitas transformações. Até que voltamos a morar nesta casa, fizemos uma grande reforma, aumentamos a casa e, quando tudo terminou pensei: "assim que puder, mando restaurar esta penteadeira". Eu jamais pensei que eu mesma, com minhas próprias mãos, faria isso! Mas fiz...demorou um pouco, todas as vezes que subia ao terraço, olhava pra ela e me dava aquela vontade de arrumá-la, mas não tinha tido a coragem de fazê-lo.
Nem deu tanto trabalho. Minha mãe me ajudou e, enquanto fazíamos tudo eu dizia: "poxa, se eu soubesse que seria tão fácil e tão prazeroso, teria feito isso há muito tempo". Primeiro tivemos que lixar a peça em todas as partes para depois fazer a nova pintura. Em algumas partes era mais complicado e trabalhoso lixar, pois ela tem muitas voltinhas, muitos detalhes, minha mão chegou a criar bolhas, mas fiquei muito feliz!
Bom, minha vida mudou bastante desde que a ganhei e, como não sou mais uma adolescente, restaurei-a de acordo com a minha vida, com as minhas necessidades. Tirei a parte do espelho, fiz dela uma escrivaninha e coloquei no meu quarto. Todas as vezes que olho pra ela e vejo o quanto ela ficou bonita, sinto várias coisas ao mesmo tempo: alegria, orgulho (por ter conseguido fazer algo que jamais pensei que pudesse), satisfação...Um dia desses, olhando pra ela, pensei: "É assim que Deus age conosco também, com uma única diferença: Ele é sempre capaz de tudo".
Assim como minha penteadeira que, apesar de ter um grande valor, por causa das circunstâncias, foi deixada de lado por um tempo e por isso perdeu sua beleza, também acontece conosco em alguns aspectos da nossa vida. Quantas vezes nos sentimos jogados, deixados de lado...quantas vezes em nossas vidas ficamos expostos ao relento espiritual... quantas vezes ficamos trancados no nosso quartinho fechado, sem ar, com os nossos sonhos e esperanças mofando...quantas não são as vezes em que ficamos tão expostos que chegamos até a perder a nossa beleza, as nossas características. Mas jamais perdemos o nosso valor. Pelo menos não para Deus, o Dono de nossas almas! Eu me lembro de todas as vezes que dizia ao meu marido que precisava restaurar a minha penteadeira e ele sempre me dizia a mesma coisa: "Filha, eu sei que você tem muito carinho por ela, mas essa peça não cabe mais na sua vida, esquece, você precisa se desfazer dela", e minha resposta era sempre a mesma: "Jamais vou me desfazer de um presente que custou tão caro a alguém". 
Você pode até estar se sentindo assim, como muitas vezes eu também me senti: largada, abandonada, deixada de lado, esquecida. Mas saiba que, Alguém que te comprou por um preço que, de tão caro, custou a Sua própria vida, te ama, te valoriza e quer te ver belo outra vez! Ele tem todo o interesse e o poder de te restaurar. Ele só precisa da sua motivação. Ele só precisa que você queira ser restaurado. Pode doer um pouco...Ele pode querer te lixar por completo, em todos os seus detalhes, a fim de remover todas as impurezas, todas as sujeiras que impregnaram na sua vida e isso pode até levar um tempo. No caso da minha penteadeira levou apenas três dias, mas, pode até levar anos! Só Deus é Quem sabe! Mas, uma coisa é certa: o resultado é extremamente satisfatório. Você só precisa ter a disposição de se transformar na pessoa que Deus, o seu Dono, quer que você seja. Talvez, assim como eu quis fazer algo diferente com a minha peça, Ele também queira te usar de maneira diferente de antes, e você precisa entender isso. Se eu quiser, ainda posso fazer com que ela volte a ser uma penteadeira, mas, por enquanto, quero que seja uma escrivaninha. Isso basta para mim e me deixa muito satisfeita. Deixe que o Espírito Santo faça de você a pessoa que Deus precisa que você seja agora, hoje, pois só isso O deixa feliz e basta! Olha o que o Senhor diz em Jeremias 18:1-4:
A palavra do Senhor que veio a Jeremias dizendo: Levanta-te e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as suas rodas. Como o vaso que ele fazia de barro se quebrou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos seus olhos fazer.
Um detalhe importante é que, o que me moveu a restaurar minha peça foi o carinho que tenho por ela e seu significado para mim. Jamais se esqueça que o amor de Deus por você é grande, infinito. Para Deus você significa muito e, por isso, ele te desfaz, e refaz denovo!



Deus te abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta postagem? Comente e compartilhe com seus amigos!
Deus abençoe!