terça-feira, 3 de maio de 2011

De Plebéia à Princesa (3a. Parte)


PRINCESAS QUE AGEM COMO PLEBÉIAS

Como vimos anteriormente, não há nenhum brilho, nada de especial em pessoas sem o Espírito Santo. Exceto o amor que Deus tem por toda a criatura, pois Ele não faz acepção.
E é aqui que está outra grande lição: Se somos princesas de um Reino muito superior que é o Reino de Deus (acredite, isso é um fato, você é uma princesa!), não podemos agir como“plebéias espirituais”. Quando tratamos alguém que tenha uma boa condição financeira e social melhor e com mais zelo do que uma pessoa menos favorecida, ainda que inconscientemente, estamos fazendo acepção. O que é acepção? Fazer acepção é você dar a pessoa um tratamento de acordo com sua significância social. Ou seja, se estamos diante de uma autoridade, alguém importante, a tendência é tratarmos essa pessoa com maior atenção. Por outro lado, ao estarmos diante de alguém menos favorecido que nós, a tendência é tratá-la sem nenhum cuidado e até mesmo com certo desprezo. Porém, a Palavra nos ensina que Deus trata a todos os homens da mesma forma, com igualdade. Foi por toda a humanidade que Deus entregou Seu único Filho, para morrer por todos, pobres, ricos, homens e mulheres de toda tribo, língua, povo e nação, sem fazer distinção.

Leitura: Tiago 2:1-9 – Aqui, Tiago escreve sobre os perigos em se fazer acepção, distinção entre as pessoas. Ele começa o texto dizendo: “Não tenhais a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da Glória, em acepção de pessoas”. Em outras palavras, ele estava dizendo que, a fé em Jesus Cristo, que morreu por todos e acepção de pessoas não combinam, não podem caminhar juntas. Ele ainda diz que, se agimos deste modo, somos tomados por pensamentos perversos e termina nos mostrando que devemos agir com misericórdia, pois a misericórdia triunfa sobre o juízo. (Apesar deste resumo, é importante que você mesma faça a leitura deste texto em sua Bíblia).

Outros textos bíblicos que nos falam sobre acepção:

Atos 10:34; Romanos 2:11; Gálatas 2:6 (este é demais!); Efésios 6:9; Colossenses 3:25 e por último I Pedro 1:17

Tentei me lembrar de alguma mulher na Bíblia que tenha agido desta forma, a fim de enriquecer nosso estudo. Só me veio uma à mente, que, apesar de ter sido uma princesa de fato, sem perceber, agiu como uma plebéia espiritual.   Vamos ver?

MICAL

Ela era filha mais nova do rei Saul, portanto, uma princesa de fato. Sua história com Davi é cheia de altos e baixos. Ela foi dada em casamento à Davi pelo seu pai, Saul, com a intenção de ser um laço para ele. Saul esperava que, através de Mical, conseguiria matar a Davi. Porém, ela demonstrou lealdade a seu marido. Em todas as oportunidades que teve, ajudou-o a fugir, ainda que contrariando as vontades de seu pai. Ela fazia isso porque o amava. Seu erro foi justamente quando ela despreza Davi em seu coração.

II Samuel 6:14,15,16, 20-23

“Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor; e estava cingido de uma estola sacerdotal de linho. Assim, Davi, com todo Israel, fez subir a arca do Senhor, com júbilo e ao som de trombetas. Ao entrar a arca do Senhor na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela e, vendo ao rei Davi, que ia saltando e dançando diante do Senhor, o desprezou no seu coração...Voltando Davi para abençoar a sua casa, Mical saiu a encontrar-se com ele e lhe disse: Que bela figura fez o rei de Israel, descobrindo-se hoje, aos olhos das servas de seus servos, como, sem pejo, se descobre um vadio qualquer.”

A arca do Senhor estava voltando para o lugar de onde ela nunca deveria ter saído e isso era motivo de muita alegria, não só para Davi, mas para todo o povo. A arca representava a presença de Deus, ou seja, simbolicamente, Deus estava voltando para o meio de Seu povo. Ao invés de demonstrar alegria, Mical mostra desprezo, não somente a Davi, mas principalmente para com a arca. Em seu entendimento, não havia motivos para Davi festejar tanto e se colocar em humilhação diante da arca. Porém, Davi lhe respondeu:

“Perante o Senhor, que me escolheu a mim antes do que a teu pai e a toda a sua casa, mandando-me que fosse chefe perante o povo do Senhor, sobre Israel, perante o Senhor me tenho alegrado”.

Em outras palavras, Davi estava dizendo: Por tudo que Deus fez por mim, por ter me escolhido para ser rei sobre o Seu povo, a Ele dedico minha total adoração.

“Ainda mais desprezível me farei e me humilharei aos meus olhos; quanto às servas, de quem falaste, delas serei honrado”.

Deus requer de todos nós, inclusive dos reis daquela época, um coração humilde e contrito perante Ele. Mical jamais poderia entender isso porque, assim como seu pai, era arrogante e não tinha um coração que adorava a Deus. Muitos teólogos acreditam que, por causa dessa sua atitude, Mical ficou estéril, todos os dias de sua vida, e não teve filhos.

“ Mical, filha de Saul, não teve filhos, até ao dia de sua morte”.

Não está comprovado que sua esterilidade era por este motivo, porém, como esta informação vem logo após o relato de seu desprezo e descaso para com a arca do Senhor, acredita-se que tenha sido por isso.
Olha só que contraditório: Mical, a princesa de Israel, desprezava o verdadeiro Rei de Israel. E isso é ainda muito comum nos nossos dias. Muitas princesas, sem perceberem, sem se darem conta, desprezam a Deus.
Como eu, que sirvo a Deus, posso desprezá-lo? Quando desprezo a Sua vontade, Sua palavra, quando não me submeto aos Seus padrões. Quando não reconheço que tudo que sou, vem D’Ele. Se sou uma princesa, é porque Ele me fez assim, dependo de Deus para continuar sendo, e preciso reconhecer isso. 
Se fazer acepção, distinção, desprezar pessoas já é algo muito grave como lemos no início do estudo de hoje, quanto mais desprezar o próprio Deus!
Quando desprezo a Deus, o grande Rei, trago esterilidade para diversas áreas da minha vida, e isto é muito sério.

Oração de hoje:

"Pai querido, limpa meu coração de todo mal, não permita que em momento algum eu venha a desprezar a alguém, mas que eu possa olhar com teus olhos, que eu possa ser misericordiosa como a tua Palavra nos ensina. Ajuda-me Senhor a nunca desprezar a tua Palavra e nem a tua vontade para a minha vida. Retira Senhor toda esterilidade que possa estar instalada em qualquer área da minha vida. Eu reconheço que, me tornei uma princesa pelo teu amor por toda a humanidade e que dependo de Ti para continuar sendo. Receba Senhor a minha adoração neste dia, em nome de Jesus. Amém!

Até amanhã!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desta postagem? Comente e compartilhe com seus amigos!
Deus abençoe!